Deixe um comentário

Malwares para Android tem ficado tão populares quanto o próprio sistema

Por Thiago Szymanski 16 de Agosto de 2011

Como todo sistema operacional, o Android também não está livre dos malwares. Depois de um crescimento exponencial em vendas, principalmente nos últimos doze meses, o número de ameaças também cresceu na mesma velocidade, ou até mais rapidamente.

A data atual é ainda mais notória se lembrarmos de que foi em 9 de agosto de 2010 que a Kaspersky Labs descobriu o primeiro “trojan” para Android. Na época, o aplicativo malicioso era instalado disfarçado como um reprodutor de vídeos e enviava mensagens de texto sem o consentimento do dono do aparelho.

Além dessa forma de ameaça, os malwares podem atingir o telefone de diversas outras maneiras, entre elas:

  • – Colocar dados sigilosos, como números de cartão de crédito, que estejam salvos no telefone, em locais públicos;
  • – Liberar o acesso de administrador (root) ao aplicativo e permitir a instalação de outros programas sem o conhecimento do usuário;
  • – Colocar o celular como parte de um “botnet”, que utilizará o plano de dados do aparelho para algum ataque maior.

Focando nesse crescente número de ameaças e querendo despertar a atenção dos usuários para o perigo que existe, Paolo Passeri postou em seu blog uma lista dos principais malwares encontrados no sistema Android nesse último ano. A lista pode ser encontrada neste endereço

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/12476-malwares-para-android-tem-ficado-tao-populares-quanto-o-proprio-sistema.htm#ixzz1VCL6hh7Z

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: